Keeper Formaturas

Passo a passo de como formar uma comissão de formatura

Para planejar e organizar uma festa de formatura, o primeiro passo é bastante claro: saber como formar uma comissão de formatura.

A festa de formatura é um dos momentos mais esperados da graduação, e a comissão, formada entre os alunos, é responsável por liderar a organização do evento.

Parece simples, mas a comissão tem uma grande responsabilidade: conciliar os desejos dos alunos e planejar uma formatura incrível, gastando o mínimo possível.

Para começar essa difícil missão, é preciso considerar:

  1. Como formar uma comissão de formatura?
  2. Qual a importância do estatuto?
  3. Em geral, quais são os cargos nas comissões de formatura?
  4. Existe algum trâmite jurídico?

Este artigo vai responder todas as suas dúvidas sobre como formar uma comissão de formatura. Continue lendo para descobrir todas as etapas e detalhes necessários para organizar esse momento tão especial.

Como é formada uma comissão de formatura?

Essa parte é tranquila. Geralmente, alguém interessado em participar da comissão toma a iniciativa, comunica à turma e convoca uma eleição para definir os cargos.

Então, para que todo esse processo seja mais fluido, é importante que os alunos interessados em participar da comissão demonstrem desde cedo suas habilidades de liderança, organização e comunicação. 

Em turmas pequenas, todos os interessados se candidatam e então a votação acontece em uma espécie de assembleia. No entanto, em turmas com várias salas, um ou dois representantes de cada sala participam da votação, tornando o processo mais rápido e eficiente, garantindo a representação de todas as salas.

Por isso, é importante que, durante essa assembleia, estejam presentes pelo menos 50% +1 dos membros totais da turma de formandos.

Além disso, os membros que formam a comissão, normalmente, não passam de 20% do total de alunos da turma.

O que é fazer parte de uma comissão de formatura?

Embora muitos acreditem que fazer parte da comissão de formatura é só festa, não é bem assim. Entre as festas, reuniões, rifas e degustações de buffet, fazer parte da comissão de formatura significa assumir responsabilidades, alinhar as expectativas dos alunos e planejar uma formatura sensacional.

Por isso, ser membro da comissão de formatura é também aproveitar uma oportunidade de crescimento profissional e pessoal.

Leia também: Entenda o que você pode fazer ainda na faculdade para seu futuro profissional

Como é trabalhar na comissão de formatura?

Trabalhar na comissão de formatura envolve diversas tarefas, como planejar e organizar eventos, gerenciar finanças, contratar fornecedores e manter comunicação constante com os formandos. Por isso, esse trabalho requer comprometimento, organização e habilidades de liderança.

Quais os cargos de uma comissão de formatura?

Embora as comissões possam ter formatos distintos, existem os cargos clássicos que a maioria delas possui. Esses cargos podem ter nomes diferentes, mas o importante é a responsabilidade atribuída a cada função.

O que faz um membro de comissão?

Presidente: lidera as ações do grupo, preside reuniões, autoriza pagamentos e assina documentos (geralmente junto ao tesoureiro).

Vice-Presidente: substitui o presidente quando necessário e o apoia nas tarefas.

Tesoureiro(a): gerencia as finanças, efetua pagamentos e cobranças, faz demonstrativos e relatórios, define valores, guarda os comprovantes financeiros e organiza os registros.

Vice-tesoureiro(a): auxilia o tesoureiro em todas as atividades e o substitui quando necessário.

Diretor(a): administra áreas e equipes de planejamento, comunicação, relações públicas, etc.

Secretário(a): redige as decisões tomadas e transcreve atas.

Vice-secretário(a): substitui e auxilia o secretário quando necessário.

Conselheiro(a): participa de todas as decisões sobre o planejamento e organização da festa.

EBOOK: COMISSÃO DE FORMATURA DO ÍNICIO AO BAILE

Você também pode gostar de ler:

Como registrar uma comissão de formatura?

Um dos passos mais importantes para formar uma comissão de formaturas é registrá-la. Registrar uma comissão de formatura é essencial para formalizar a organização. Esse registro geralmente envolve a criação de um estatuto e a escolha da forma jurídica adequada.

Qual a importância do estatuto?

O Estatuto da comissão de formatura estabelece as regras gerais da comissão. Esse documento define quem gerencia as finanças, como são feitas as decisões de contratação e pagamentos, e obriga a prestação de contas aos formandos.

Portanto, inclua no estatuto cláusulas que definam quem realiza cada atividade, de forma bem específica. Regras bem definidas desde o início diminuem as chances de problemas. Aqui você encontra um ótimo modelo de estatuto.

Como escolher uma forma jurídica?

Ainda é comum que comissões paguem um contador para abrir uma pessoa jurídica (CNPJ). No entanto, para formar uma comissão de formaturas, essa não é mais a única possibilidade e nem a mais fácil.

Hoje, as comissões podem realizar toda a gestão financeira com uma empresa especializada, como o Keeper, que descomplica a vida da comissão de formatura.

Com um serviço especializado, a comissão não precisa se preocupar com a cobrança de inadimplentes, relatórios de caixa e gestão financeira. Tudo fica na palma da mão com a nossa plataforma online.

Como criar uma conta para comissão de formatura?

Você pode optar por contratar um contador, abrir uma pessoa jurídica, e abrir uma conta bancária PJ em algum banco ou instituição financeira ou facilitar o processo utilizando os serviços de uma empresa especializada.

A segunda opção, como o Keeper, facilita a gestão financeira sem a necessidade de abrir uma pessoa jurídica ou uma conta corrente separada.

Leia também: 8 ideias para arrecadar dinheiro para formatura que funcionam

Como pedir contribuição para a festa de formatura?

Mantenha contato constante com a turma. Atualize-os sobre o que está sendo feito e entenda melhor os desejos dos formandos.

Além disso, há diversas formas de arrecadar contribuições, que podem ser utilizadas para complementar a adesão dos formandos.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Keeper no estado de São Paulo, cerca de 60% dos formandos que aderem à festa de formatura contribuem com a arrecadação de outras formas, seja comprando rifas, brindes e convites individuais, ou participando de eventos criados especificamente para a arrecadação.

Mãos à obra

Se você quer participar da organização da sua festa de formatura, então não perca tempo! O primeiro passo é formar a comissão. Quando estiver formada, mantenha uma comunicação frequente com a turma, não só para atualizá-la sobre o que está sendo feito, mas também para entender melhor os desejos dos formandos.

Por fim, não deixe de checar também o nosso  Guia Completo: tudo o que você precisa saber sobre arrecadação para formaturas. Não perca tempo. É o melhor guia que você pode encontrar!

Fale com o Keeper. Mande uma mensagem :)

Perguntas frequentes

Quantas pessoas formam a comissão de formatura?

O número de membros de uma comissão de formatura varia conforme o tamanho da turma de formandos, que pode incluir alunos de mais de uma sala. Em geral, a comissão não ultrapassa 20% do total de alunos.

Quem pode exercer cargo de comissão?

Para exercer um cargo na comissão de formatura, não basta apenas querer; é necessário ser aprovado por meio de votação. Todos precisam concordar que você é a pessoa mais adequada para a função e a votação deve ser realizada com a participação de pelo menos 50% + 1 dos membros da turma.

Como são criados os cargos de comissão?

Os cargos de comissão são criados de acordo com as necessidades específicas de cada turma. Cada cargo e função deve ser bem dividido para garantir a eficiência do grupo. Não existe uma comissão de formatura perfeita para todos os cursos e faculdades. Confira aqui os cargos mais comuns.